quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Escolas podem agendar visitas aos laboratórios da Esucri



Camaleão químico, leite psicodélico e produção de fogo sem uso de fósforos e sem atrito, são alguns dos experimentos apresentados às turmas de estudantes que visitam os laboratórios de saúde da Escola Superior de Criciúma (Esucri). “Escolhemos alguns experimentos que causam reações percebidas visualmente e explicamos a ciência que há nestes fenômenos. Por exemplo, quando colocamos corante no leite as partículas de gordura dificultam a sua dispersão e ao acrescentarmos detergente as partículas se movem rapidamente causando um efeito encantador. O que causa este efeito é apresentado de forma ainda superficial, mas dando base para o entendimento”, explicou a professora Thayse Mazzuco.
Alunos da turma de 9º Ano da escola Padre José Francisco Bertero conheceram, nesta quinta-feira (14/9) os laboratórios de Química, Anatomia, Morfologia e Microscopia. A professora da turma, Patrícia Rocha Neves da Silva, agendou a visita para que seus alunos pudessem vivenciar conteúdos trabalhados nas aulas de Ciências no decorrer do ano e manusear vidrarias e utensílios de laboratório.
Adilso de Freitas Junior gostou de ter participado das atividades práticas. “Achei bem interessante e tudo foi bem explicado. No laboratório de anatomia vimos dois cadáveres e tivemos a oportunidade de observar as camadas do corpo humano e os órgãos internos”, comentou o estudante.
Os laboratórios estão disponíveis todas as quintas-feiras, das 8 horas às 9h30. Escolas públicas e particulares que desejarem realizar uma visita guiada podem agendar com a coordenação da instituição pelo telefone 34313700.
 

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Padre Bertero homenageia a pátria com cubos mágicos



https://www.youtube.com/watch?v=mx1qijrxxkQ&feature=youtu.be
As escolas da rede municipal de Criciúma que não participam do desfile de 7 de setembro no Parque das Nações realizaram um momento cívico nas próprias instituições.
Os alunos dos Anos Finais do Ensino Fundamental da escola Padre José Francisco Bertero homenagearam a pátria brasileira montando a imagem da Bandeira Nacional com 35 cubos mágicos.
A apresentação teve como inspiração um vídeo de Diego Meneghetti, bicampeão brasileiro na modalidade olhos vendados, da Associação Mundial de Cubo Mágico. O cubista representou a Bandeira Nacional com nove cubos de forma mais desafiadora, pois realizou a configuração de olhos vendados.

domingo, 13 de agosto de 2017

USO DO SOFTWARE GEOGEBRA NO ESTUDO DE SIMETRIAS EM UM PLANO

 Categoria: Ensino Fundamental - Anos Finais
Modalidade: Materiais e/ou Jogos Didáticos
Alunos: Gustavo Pereira de Vargas e Adilso de Freitas Junior
Orientadora: Ana Lúcia Pintro
 Instituição: EMEF Padre José Francisco BerteroCriciúma/SC
Momentos das apresentações

 O coordenador dos institutos do Geogebra, Zsolt Lavicza, explicou que “no Geogebra, um triângulo não é apenas um triângulo, mas todos os triângulos possíveis”. Ou seja, um polígono construído na sua plataforma pode ser transformado movimentando seus vértices e assim, ele apresentará novas medidas para os lados, ângulos, área e perímetro. Isto permite inúmeras observações e conjecturas. Por ter estas características, o programa Geogebra facilitou a visualização, observação, análise e assimilação dos conteúdos referentes aos três tipos principais de simetria: axial, translação e rotação.

LEIA A MATÉRIA NO PORTAL DA PREFEITURA:
Trabalhos da rede municipal de Criciúma se classificam para a 33ª Feira Catarinense de Matemática

domingo, 16 de julho de 2017

Campeonato Escolar de Cubo Mágico

O Campeonato de Cubo Mágico da Escola Padre José Francisco Bertero foi realizado no dia 15 de julho de 2017. A partir dele selecionamos equipes que vão representar a escola em campeonatos.
Sempre lembramos da missão da Associação Mundial de Cubo Mágico:
O objetivo da World Cube Association é ter mais competições em mais países, com mais pessoas e mais diversão, sob condições iguais e justas.
O espírito da World Cube Association é que pessoas de todo o mundo se divirtam juntas numa atmosfera amigável, ajudem umas às outras e se comportem com espírito esportivo.
 Para assistir o vídeo, clique AQUI.
Para saber mais sobre os campeonatos de Criciúma e região, clique AQUI.

sexta-feira, 30 de junho de 2017

domingo, 25 de junho de 2017

Trabalho sobre Feudalismo

As maquetes representando feudos foram apresentadas à disciplina de História pelos alunos do 7º ano do ensino fundamental matutino sob a orientação da Professora Vânia Maria Romancini de Souza.



FEUDALISMO
O feudalismo foi um sistema econômico, social e político que dominou na Europa por cerca de mil anos – do século V ao século XV. Surgiu com o colapso do Império Romano invadido vários povos germânicos. O resultado foi uma combinação de características romanas com as germânicas.
Aspecto político: o feudalismo se caracterizava pelo enfraquecimento do poder do Estado, ou seja, dos reis, em detrimento dos senhores feudais. Alguns deles chegavam a ser mais ricos e poderosos do que os próprios reis. Isto resultava numa situação de insegurança da sociedade, quando o povo era obrigado a se submeter aos senhores feudais em troca de proteção.
Aspecto econômico: a base da economia era a terra (agricultura e pecuária). Os feudos eram praticamente auto-suficientes, ou seja, eram como grandes fazendas em que todos os produtos necessários para o consumo e a produção eram feitos localmente. Apenas artigos de luxo e outras poucas exceções vinham de fora. Isto representava uma economia muito fechada. Contudo, durante a Idade Média (Baixa Idade Média), o comércio foi se desenvolvendo nos burgos e nas feiras.
O Feudo: propriedade do senhor feudal que concedia a autorização de uso para a família do servo em troca do pagamento de obrigações - Instalações do feudo : castelo (habitação do senhor feudal e sua família), vila camponesa, igreja, moinho, estábulo, terras de produção.
Aspecto social: a sociedade estava dividida em clero e nobreza, servos (maioria da população camponesa) e vilões. As relações eram de suserania e vassalagem – laços individuais de proteção e de obrigação mútua.
Para saber mais:
Boulos Júnior, Alfredo. História sociedade & cidadania, 7º ano. 3. Ed. – São Paulo: FTD, 2015
Projeto Radix: História, 7º ano – Claúdio Vicentino – São Paulo: Scipione, 2009.